Suzusan e Mazda, unidas numa única tradição

Suzusan e Mazda, unidas numa única tradição

Suzusan é a denominação da marca de Hiroyuki ‘Hiro’ Murase, designer de moda que reinventou, com sucesso, o conceito japonês “Shibori”, antigo ofício de acabamentos têxteis que significa, no seu sentido literal, “espremer” ou “torcer”

Com sede em Dusseldorf, a empresa alcançou um patamar de fama que não se limita às fronteiras dessa cidade alemã, graças a peças que desfilam nas passadeiras da Dior e atraem nomes de topo, como o da actriz Natalie Portman. 

Oferecer o melhor do design japonês na Europa e em todo o mundo é algo que está subjacente à Mazda. Enquanto as suas raízes se encontram na cidade japonesa de Hiroshima, os pilares da Suzusan encontram-se a cerca de 500 quilómetros mais a leste, perto de Tóquio, na aldeia de Arimatsu, na província de Aichi. Foi nesta localidade, onde nasceu o fundador desta etiqueta de moda, que se enraizou o património imaterial no trabalho deste artesão, transmitindo-se ao longo de mais de 400 anos através das diferentes gerações. 

Com os mais jovens de novo a trabalhar do modo tradicional nos estúdios de artesanato de Arimatsu, assiste-se a um enriquecimento ao nível dos vestuários exclusivos, feitos a partir de fiações de elevada qualidade, apostando em designs individuais e modernos. Seguindo uma filosofia bem conhecida da Mazda, a Suzusan emprega e reinterpreta, corajosamente, técnicas tradicionais em materiais selecionados, como a caxemira tecida à mão, a alpaca ou a seda transparente, matérias adquiridas no Japão e um pouco por todo o mundo. 

Ficou claro desde o início que a Mazda e a Suzusan tinham muitos pontos em comum. Em ambas as marcas, os princípios do artesanato tradicional são combinados com elementos de design moderno. Pegar em objectos comuns e inseri-los num novo contexto, utilizando técnicas antigas e encontrando algo novo e inspirador, valorizar o espaço vazio entre objetos de design e padrões e buscar inspiração no mundo à sua volta e na natureza, são alguns dos elementos de ligação entre a Suzusan e a Mazda. 

Enquanto a Suzusan fabrica cada peça individual à mão, os artesãos da Mazda têm de reproduzir estes conceitos na perfeição, introduzindo-os em cada automóvel, produto do fabrico em série. Com uma devoção lendária para com todos os detalhes, o fabrico de automóveis tornou-se, assim, uma forma de arte para os artesãos.

Há mais de um século que se produzem automóveis Mazda no Japão. Um perfeito exemplo disto é o novo Mazda CX-60 PHEV, o novo topo-de-gama da marca de Hiroshima. É o modelo que introduz o conceito “Crafted in Japan”, que evoca uma filosofia de design que, tal como a cultura japonesa, se empenha por obter ruma qualidade superior, com um toque artesanal, numa obra de arte que vai para além da tela, numa celebração do conceito “less is more” tão caro à Mazda.  

Com tecnologia Plug-in Hybrid, o novo Mazda CX-60 exibe a arte magistral dos seus engenheiros e designers de produção Takumi, num SUV que, para lá do apelo estético, encarna o compromisso da Mazda em oferecer uma mobilidade sustentável e a solução certa no momento certo, tendo em mente a sociedade e o planeta.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

Suzusan e Mazda, unidas numa única tradição

bookmark_border

mais em Fashion, Lifestyle

Extremadura espanhola de visita a Portugal

a redireccionar em 10 segundos