Economia circular – Uma coleção mais durável e reciclável

Economia circular – Uma coleção mais durável e reciclável

Economia circular – Uma coleção mais durável e reciclável. Tommy Hilfiger anuncia o lançamento das suas primeiras peças Jeans Redesign, feitas para serem mais duráveis e recicláveis – dois componentes críticos na criação de uma economia circular. Pensada em linha com a promessa da empresa de 2019 ao projeto Ellen MacArthur Foundation Jeans Redesign, a gama de jeans está disponível online e em algumas lojas TOMMY HILFIGER e TOMMY JEANS, a partir de hoje.

Guiados pelo projeto de Jeans Redesign da Fundação Ellen MacArthur, as sete peças de vestuário, incluindo cinco pares de jeans e dois casacos de ganga, foram feitas tendo em mente a durabilidade, a saúde do material, a reciclabilidade e a sua rastreabilidade. Isto foi conseguido repensando o desenho dos jeans de acordo com princípios circulares, incluindo a utilização de botões destacáveis; a substituição de rebites metálicos por aderências de barra; a remoção de todos os fechos-éclair de metal; a remoção do típico remendo de pele; e a utilização de tecido 100% orgânico. Para aumentar a durabilidade dos produtos, cada peça apresenta instruções de lavagem e cuidados nos bolsos, juntamente com conselhos sobre como reparar, doar ou reciclar o produto após a sua utilização.

“A sustentabilidade tornou-se uma força impulsionadora da nossa marca e do nosso negócio”, disse Martijn Hagman, CEO, Tommy Hilfiger Global. “Como uma marca de moda líder, temos a responsabilidade de conduzir a transição para uma economia circular e estamos orgulhosos de trabalhar em conjunto com a Fundação Ellen MacArthur para o conseguir. Esta mudança requer um repensar completo da cadeia de valor da moda, e estas peças são uma prova da habilidade, perícia e dedicação de ambas as equipas, uma vez que continuamos a quebrar barreiras tanto na área do design como no fabrico. Este é apenas um passo no nosso caminho para a criação de produtos totalmente circulares”.

“Como líder da indústria da ganga, e uma das primeiras marcas a subscrever o programa Jeans Redesign, Tommy Hilfiger está a demonstrar como podemos trabalhar todos juntos para redesenhar o futuro da moda”, disse François Souchet, Make Fashion Circular Lead da Fundação Ellen MacArthur. “O lançamento desta colecção é um passo emocionante para uma economia circular da moda onde as roupas que amamos nunca se tornam desperdício”.

A coleção Jeans Redesign destaca o empenho permanente de Tommy Hilfiger em eliminar o desperdício, inovando pela circularidade. Até à data, Tommy Hilfiger formou mais de 80% dos seus designers em princípios de design circular e lançou recentemente Tommy for Life, o seu primeiro modelo de negócio circular. Ao abrigo do programa Tommy for Life, a empresa recolhe artigos de clientes e parceiros, limpa-os, repara-os e revende-os, mantendo os produtos em uso durante mais tempo. Tommy Hilfiger está também a impulsionar a mudança transformadora na indústria da ganga, produzindo mais de dois milhões de peças de ganga de menor impacto, que são acabadas através de um processo que utiliza menos água e energia do que os processos tradicionais, tornando-se a primeira grande empresa no mercado da ganga a utilizar algodão 100% reciclado em escala.  

Para mais informações sobre o percurso de sustentabilidade de Tommy Hilfiger, Make it Possible, e a visão de criar moda que não desperdiça e acolhe todos, visite sustainability.tommy.com. Make it Possible é alimentado pela estratégia Forward Fashion da PVH Corp., um conjunto de 15 prioridades concebidas para reduzir impactos negativos a zero, aumentar impactos positivos a 100% e melhorar mais de 1 milhão de vidas ao longo da sua cadeia de valor.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

Economia circular – Uma coleção mais durável e reciclável

bookmark_border

mais em Fashion

Celebrar a “art de vivre” no douro

a redireccionar em 10 segundos