O que fazer em casa? 5 ideias

O que fazer em casa? 5 ideias

Não sabe o que fazer em casa? Mesmo em teletrabalho, solteiro ou com prole, existem sempre uns momentos (esperamos, ou melhor, desejamos que sim) de pausa ou de tédio mesmo. Embora, sabendo que a realidade não é sempre linear, ficam umas sugestões para “suavizar” e humanizar a realidade do confinamento.

“One of the symptoms of an approaching nervous breakdown is the belief that one’s work is terribly important.”

Bertrand Russell

1 – Tal como no primeiro confinamento, temos de encontrar o que fazer em casa. Procure sites ou livros de receitas culinárias. Inove, tire tempo para pesquisar e ir vendo o que lhe agrada, a si, à família ou ao companheiro(a). Siga algum site de culinária, pois muitas vezes temos receio de não ser capaz de igualar os grandes chefs. Por exemplo siga este. A Marisa tem sempre ideias e propostas, para todas as ocasiões. Se vive com o seu namorado(a) vai encontrar um brunch para o dia dos namorados.

2 – Como não podemos passar o tempo, nem mesmo os fim‑de‑semana quando não deve haver trabalho, a cozinhar, vamos tentar encontrar um exercício fisico para não nos inertes. Não! levar o lixo ou passear o cão não contam como exercício físico. Mais uma vez, procure na internet, mesmo até planos em família. Deixamos aqui um PT que pode ser uma ajuda nesse sentido.

3 – Porém, pode fazer exercício físico no exterior se a meteorologia permitir. Porque a lei permite dentro dos limites da sua morada. Agora, não é desculpa para juntar uma multidão de amigos, amigas, cães e filhos. Correr, andar, faça um plano em família (a lei permite) ou sozinho. Tome as devidas precauções para que as excepções não se sobreponham à lei. Que nos protege a todos.

4 – A pandemia e subsequente confinamento deixou-nos um grande desafio, pelo menos, para nós, voltar à leitura. Ler é muito importante para fugir aos ecrãs dos smartphones, computadores e aparelhos de televisão. Temos muitas lojas online que entregam em casa como a super conhecida Amazon, a LEYA ou a note. Uns mais rápidos que outros, como se sabe. E, neste tempo dá-se um “desconto” aos atrasos. Salientamos um livro para os interessados na História do nosso País: HISTÓRIA GLOBAL DE PORTUGAL. Vários pequenos capítulos que enchem um grande livro, mas que ajuda à leitura.

5 – Para a nossa saúde mental, o tempo tem de ser racionalizado. Teletrabalho não justifica estar disponível 24 horas como uma loja 24/7. Do início, coloque limites e faça um horário com o seu superior. Tempos livres para exercitar o que gosta, bricolage, dar tempo aos filhos. cuidar dos seus animais de estimação, conversar com vive e com os amigos, meditar ou fazer yoga. O que seja, mas dentro da legalidade, colocar limites. Para produzir melhor e mais. Um artigo interessante para ler.

P.S. Algo que pode ajudar para quem vive nas cidades e as vê vazias, muitas vezes causa de stress, é praticar meditação. Tente encontrar na internet, alguém sério e credível. Deixamos aqui duas possíveis ajudas, ponto jesuíta e a união budista portuguesa. Ou faça o “download” da aplicação Calm.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

O que fazer em casa? 5 ideias

bookmark_border

mais em Lifestyle

Yamaha bLU cRU, Rodrigo Valente o português na Taça

a redireccionar em 10 segundos