Quando o denim poupa 30 milhões de litros de água

Quando o denim poupa 30 milhões de litros de água

O denim, dentro do mundo da moda, é um factor que preocupa os seus produtores e marcas pois a sua produção tem um impacto forte no meio ambiente. Agora, A Mango dá mais um passo no compromisso por uma indústria da moda mais responsável e lança, para esta estação, uma coleção de denim onde o processo de acabamentos permitiu poupar 30 milhões de litros de água. Através de processos inovadores e mais sustentáveis, a Mango consegue assim contribuir para um mundo melhor. Neste momento, a coleção abrange as linhas Woman, Man e Kids, aproximando os produtos sustentáveis de todos os públicos.

Alguns modelos contam com tecnologias como o laser ou o ozono para oferecer soluções sustentáveis e eficientes na lavagem e acabamento de cada peça. Além disso, a qualidade e a atenção ao detalhe são elementos fundamentais que se destacam em cada produto, permitindo que as peças sejam mais duradouras. A Mango promove um estilo de vida mediterrâneo, relacionado com o mar e a natureza, para que os clientes usufruam das suas peças durante inúmeras estações.

A versatilidade e universalidade do tecido de ganga está presente nesta coleção para todos os géneros, idades e tamanhos. A inspiração das silhuetas provém dos looks denim da década de 90, representados num ambiente mediterrâneo em que a natureza e o denim estão totalmente integrados. O denim nos tons areia está de volta na sua melhor versão, com as camisas de ganga e os macacões com cinto. Além disso, o patchworksobre as saias, as calças e os casacos destacam o espírito dos anos 90 e acrescentam carisma aos clássicos. Desde o regresso dos vestidos de ganga, passando pelas novas tendências de calças ou de casacos, o importante nesta primavera será usar a ganga num total look.

“Graças à inovação e à adaptação de tecnologias e processos sustentáveis, estamos a criar coleções que nos ajudam a reduzir a nossa pegada. Em colaboração com as restantes equipas e os nossos fornecedores de peças e tecidos, procuramos constantemente alternativas de produção e materiais mais sustentáveis”, refere Beatriz Bayo, diretora de sustentabilidade da Mango

Firme no propósito de continuar esta caminhada e empenhada em apostar num modelo de negócio mais responsável, a Mango está a trabalhar para atingir os seus objetivos para 2025: que 100% do algodão utilizado tenha uma origem sustentável e 50% do poliéster seja reciclado. Igualmente até 2030, está o objetivo de que 100% das fibras celulósicas utilizadas provenham de uma origem controlada. Este caminho começou há muitos anos e, com esta coleção, a Mango continua a evidenciar o seu compromisso e trabalho para alcançar uma moda mais sustentável.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

Quando o denim poupa 30 milhões de litros de água

bookmark_border

mais em Fashion

Londres à distância de um clique

a redireccionar em 10 segundos