NAU – Palácio do Governador, um destino a descobrir

NAU – Palácio do Governador, um destino a descobrir

NAU – Palácio do Governador, um destino a descobrir. Foi num fim de semana de Outono que estivemos neste hotel; um destino para qual pessoa que deseje descobrir melhor a zona de Belém e Pedrouços. Que goste de usufruir da sua cidade e das ofertas culturais situadas nesta zona.

O Palácio do Governador, unidade do grupo NAU Hotels & Resorts, localizada em Lisboa, mesmo de frente para a Torre de Belém, acaba de reabrir, pronto a receber turistas e visitantes locais. Para a temporada de verão de 2021 este hotel de charme destaca o acesso para usufruir de um dia inteiro de piscina, mesmo que não fique hospedado na unidade, ou a opção de piscina e SPA.

No exterior, duas piscinas, uma para adultos e outra para crianças, reforçam a oferta de lazer para hóspedes e visitantes, que tornam ainda mais singular e exclusiva esta unidade lisboeta. Também os jardins com espelho de água oferecem um ambiente sereno e idílico em plena cidade, contribuindo para uma experiência mais enriquecida.

Localizado numa das zonas mais bonitas e carismáticas da capital portuguesa, próximo do Tejo e paredes meias com alguns dos mais icónicos monumentos históricos nacionais, como a Torre de Belém, o NAU Palácio do Governador é por si só um edifício de natural interesse histórico.

Com uma história ímpar que remonta à época do grandioso Império Romano, altura em que o edifício albergava uma fábrica de molho de peixe (“garum”), e também à Era dos Descobrimentos, tendo sido residência oficial do Governador da Torre de Belém, o NAU Palácio do Governador oferece 60 quartos, todos eles diferentes, onde se destacam a Suite da Princesa, a Suite do Governador e a Suite do Infante, que com os seus elementos históricos e grandes dimensões as tornam casos únicos na hotelaria nacional. O NAU Palácio do Governador oferece ainda as tipologias Quarto Deluxe, Club Room, Mansarda, Júnior Suite e Studio Suite, que vão variando em beleza com tetos de madeira e lambris de azulejos originais do séc. XVII.  

A zona envolvente convida-nos a um roteiro cultural diverso, deixamos aqui alguns exemplos com os links para seguirem:

  • Museu do Combatente – Forte do bom sucesso, onde podemos ver uma exposição interessante sobre a Grande Guerra;
  • Museu de Arte Popular – com a Exposição temporária “Um Cento de Cestos”;
  • Museu dos Coches – apontamento museológico que visa homenagear a “nossa” Rainha D. Amélia e
  • Garagem Sul do CCB – Arquitetura & Jogo é uma exposição a propósito de brincadeira e imaginação, de experiências construídas e narrativas mitológicas, que pode ser apreciada na Garagem Sul.

A gastronomia é um dos pontos fortes desta unidade, que tem no restaurante Ânfora a sua joia da coroa. Com capacidade para 60pessoas no interior e 40 pessoas no terraço, a que acresce uma sala de jantar privada com capacidade para 15 pessoas, no restaurante prova-se cozinha de autor confecionada sob a mestria da Chefe Vera Silva. Deixamos aqui um vislumbre do Jantar de Sábado à noite, que foi uma boa descoberta. Embora, o pequeno-almoço também seja muito bom. Recomendamos o pudim de pão, uma iguaria.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

NAU – Palácio do Governador, um destino a descobrir

bookmark_border

mais em Lifestyle

Helsínquia apresenta design em Pequim

a redireccionar em 10 segundos