Festival Entre Quintas Ribatejo’21

Festival Entre Quintas Ribatejo’21

Festival Entre Quintas Ribatejo’21. Música, história e vinhos unidos num projeto nos jardins históricos de duas grandes casas.

Quinta do Casal Branco e a Casa Cadaval anunciam o concerto de inauguração da 2ª edição do ‘Festival Entre Quintas’, pela Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, dirigida pelo maestro Nikolay Lalov, que terá lugar no dia 2 de julho, às 21h00, nos jardins históricos da Quinta do Casal Branco, Almeirim.
Serão interpretadas as suites ‘Música Fogo de Artifício’ e ‘Música Aquática’, duas das mais emblemáticas obras do compositor G. Fr. Händel.

Estarão patentes, de 2 a 18 de julho, na Sala da Caldeira, junto à adega de 1817 da Quinta do Casal Branco, várias obras do artista plástico João Cruz Rosa sob o tema ‘Encontro & Memória’. “Estes trabalhos reflectem um primeiro momento da vontade de integrar propósitos do seu passado pictórico, acréscimo de vocabulário expressivo, confluência de entendimentos e visões”, explica João Cruz Rosa

Este conjunto de eventos culturais, que decorrem entre 2 e 11 de julho, conta com vários patrocínios institucionais e particulares, entre os quais República Portuguesa I Cultura, DG Artes, Direção Geral do Património Cultural, Museu Nacional da Música, Fundação Millennium BCP, Cork Supply e Câmara Municipal de Almeirim. As receitas reverterão inteiramente para a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, como forma de apoio à Cultura nacional.
Nas palavras de Teresa Schönborn, Condessa de Schönborn-Wiesentheid, administradora da Casa Cadaval, “a simbiose da  música e do vinho é como a natureza ribatejana, com notas que encantam a alma e elevam os sentidos”. O CEO da Quinta do Casal Branco, José Lobo de Vasconcelos, realça que este projeto pretende “envolver todos os participantes pela música, num local único e rodeado pelo melhor que o Ribatejo tem para  oferecer-lhe”.
O programa pode ser encontrado aqui e os bilhetes para os concertos podem ser adquiridos via Tickeline.

Todos os que quiserem estar presentes no concerto, têm apresentar – à chegada à Quinta do Casal Branco – comprovativo de realização laboratorial de teste de amplificação de ácidos nucleicos (TAAN) ou de teste rápido de antigénio (TRAg) para despiste da infeção por SARS-CoV-2 com resultado negativo, realizado, respetivamente, nas 72 ou 48 horas anteriores à sua apresentação, ou, alternativamente, apresentação do Certificado Digital COVID da União Europeia, o qual dispensa a apresentação de comprovativo de realização de teste para despiste da infeção por SARS-CoV-2 (https://www.sns24.gov.pt/servico/obter-certificado-digital-covid-da-ue/) ou ainda de Certificado Digital de Recuperação de Infeção há menos de 90 dias (passando este prazo, deixa de haver imunidade). Tudo em função da Resolução do Conselho de Ministros nº 77 A de 24 de junho (https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/165797150/details/maximized) e das diretrizes da DGS.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

Festival Entre Quintas Ribatejo’21

bookmark_border

mais em Culture, Lifestyle

Reutilizar, importante para a sustentabilidade

a redireccionar em 10 segundos