Inovações nos domínios da técnica e do design

Inovações nos domínios da técnica e do design

Ao longo dos seus 264 anos de excelência horológica, a Vacheron Constantin adquiriu uma inquebrantável reputação graças às suas significativas e relevantes inovações nos domínios da técnica e do design. Hoje definirá o futuro da alta relojoaria mecânica, a Vacheron Constantin apresenta o Twin Beat Perpetual Calendar, um relógio capaz de adaptar-se às necessidades do utilizador.

Quando utilizado, o Traditionnelle Twin Beat Perpetual Calendar funciona a alta frequência, em concordância com os estilos de vida modernos tão dinâmicos, indicando as horas, os minutos, a data, o mês, o ciclo de ano bissexto e a reserva de marcha no mostrador. Quando não é utilizado, o calibre de manufatura 3610 pode funcionar a uma frequência reduzida para manter a sua precisão com uma reserva de marcha ampliada de, pelo menos, 65 dias.

Um dos princípios básicos essenciais da relojoaria mecânica consistia em que a produção de energia do barrilete da mola real tinha uma duração determinada, com um desvio mínimo da reserva de marcha declarada. O Traditionnelle Twin Beat Perpetual Calendar converte a mola real numa autêntica fonte de níveis variáveis de energia, pelo que oferece à alta relojoaria mecânica um nível de versatilidade radicalmente novo.

Graças aos seus 264 anos de experiência relojoeira, a Vacheron Constantin materializou esta proeza inovadora equipando o Traditionnelle Twin Beat Perpetual Calendar com dois volantes reguladores, cada um deles com a sua própria frequência de funcionamento, técnica que a Casa nunca tinha utilizado anteriormente. Um pulsador situado às 8 horas permite ao utilizador mudar facilmente de uma frequência para a outra, em função do nível de atividade. Quando levar o relógio no pulso, o utilizador poderá desfrutar dele ao máximo se o mantiver no modo Ativo, o qual dispõe de um volante regulador a 5Hz (36.000 alternâncias por hora) e 4 dias de reserva de marcha.

Quando o relógio não é utilizado durante um determinado tempo, pode-se passar para o modo de Espera, em que funciona com o segundo volante regulador, com uma frequência enormemente reduzida de 1,2 Hz (8.640 alternâncias por hora). Isto permite ampliar a reserva de marcha máxima até, pelo menos, 65 dias. Durante o período de funcionamento no modo de Espera é possível comutar novamente o Traditionnelle Twin Beat Perpetual Calendar para o modo Ativo para voltar a utilizá-lo, sendo que todas as suas indicações de calendário continuarão a ser perfeitamente exatas.

Habitualmente, considera-se que o calendário perpétuo é a complicação mais prática de todas as grandes complicações. Trata-se de um complexo mecanismo capaz de mostrar corretamente toda a informação relativa às datas, apesar da flutuante duração dos meses e dos anos bissextos, graças ao qual o calendário perpétuo tem utilidade e relevância na vida quotidiana. Contudo, até agora, essa relevância útil tinha estado restringida pelos limites impostos pela tecnologia da mola real convencional, que, na maioria dos casos, implicava ajustar o calendário do relógio sempre que se utilizava.

Agora, pela primeira vez na história da relojoaria, será possível deixar um calendário perpétuo de carga manual sobre a mesa de cabeceira e ir buscá-lo dois meses mais tarde sem que o relógio tenha deixado de indicar a data e o mês correto. O Vacheron Constantin Traditionnelle Twin Beat Perpetual Calendar imprime um verdadeiro significado à palavra “perpétuo” que acompanha o seu nome, e abre um novo caminho de inovação atemporal.

O Vacheron Constantin Traditionnelle Twin Beat Perpetual Calendar utiliza um sistema mecânico, com patente em curso, que permite mudar instantaneamente do modo Ativo (5Hz, 36.000 alternâncias por hora) para o modo de Espera (1,2Hz, 8.640 alternâncias por hora), sem que se altere a capacidade de dar as horas do movimento.

Este sistema inspira-se no sistema sazonal do Período Edo japonês (1603 – 1868), que dividia o dia a noite em seis segmentos, com uma longitude variável entre o dia e a noite, e entre cada uma das estações. Os relógios desse período dispunham de um volante regulador de foliot simples ou duplo, que permitia alterações automáticas da velocidade de funcionamento. Um relógio de lanterna japonês similar, de inícios do século XVIII, pertencente ao Musée International d’Horlogerie, com sede na Suíça, é exibido no stand da Vacheron Constantin no SIHH 2019.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

Inovações nos domínios da técnica e do design

bookmark_border

mais em Lifestyle

Rotas com história por Portugal com as Pousadas

a redireccionar em 10 segundos