PEUGEOT 408, revelação em breve

PEUGEOT 408, revelação em breve

PEUGEOT 408, revelação em breve. Tudo será revelado a 22 de junho, mas, por enquanto, o novo PEUGEOT 408 está ainda camuflado para esconder os seus detalhes e continua a ser submetido aos testes mais severos em preparação para o início da sua produção no outono. O automóvel pode ser inesperado, mas o seu programa de validação segue um protocolo extremamente preciso, incluindo testes em estrada e pista, bem como no laboratório e em bancos de ensaio dedicados. O objetivo: qualidade e excelência intransigentes logo nas primeiras unidades produzidas. 

Para atingir a excelência, tanto em termos de desempenho como de qualidade, o desenvolvimento de um novo automóvel exige a realização de uma série de testes e ensaios. Em primeiro lugar são realizadas diferentes simulações com a ajuda de programas informáticos altamente sofisticados, que tornam possível acelerar o desenvolvimento, fazendo ao mesmo tempo a melhor utilização dos recursos. Depois, há pouco mais de um ano, foi lançado o Internal Validation Plan (IVP), que envolve uma série de testes em cada um dos componentes e módulos do veículo. 

As equipas responsáveis pela validação receberam os primeiros exemplares do novo 408, unidades que foram fortemente camufladas: sob uma película adesiva, com gráficos que esbatem a perceção de linhas e volumes, foram acrescentados elementos de plástico e espuma para completar a ilusão. 

Através destes veículos de teste, o novo PEUGEOT 408 já foi conduzido num total de quase 1.100.000 km em todas as condições possíveis, em todos os tipos de estradas e em muitos climas. Passagens a vau, estradas pavimentadas e acidentadas, cascalho, condução sob calor e frio extremos, de dia e de noite, tudo foi testado várias vezes, examinado e avaliado. Cada quilómetro percorrido nestas condições extremas é equivalente a várias dezenas de quilómetros percorridos por um utilizador normal. 

A camuflagem torna-se um pouco mais leve à medida que o tempo passa e quando o teste o exige. Mas, fora de alcance, nos bancos de ensaio, nos laboratórios e nos túneis de vento, os automóveis sem camuflagem são submetidos a muitos outros testes, muitas vezes ainda piores do que os que suportam na estrada. Um banco de quatro colunas simula as forças mais extremas para medir a fadiga estrutural do veículo: é impossível para um ser humano ficar ao volante e suportar a tortura que esta máquina impõe ao veículo.

PEUGEOT 408, revelação em breve

O nosso objetivo é a excelência. Não estamos apenas a trabalhar para testar a qualidade técnica central do novo PEUGEOT 408, mas também o seu desempenho para o cliente, ou seja, qualquer situação que os seus utilizadores possam encontrar. Para cada teste, exageramos as restrições, tanto na estrada como nos laboratórios e nos bancos de teste. Somos extremamente exigentes connosco mesmos para atingirmos a excelência que procuramos. É um verdadeiro prazer trabalhar arduamente neste projeto porque na equipa estamos todos apaixonados pelo novo 408“, diz Emmanuel Lafaury, Diretor do Projeto PEUGEOT 408.

Uma nova raça PEUGEOT com uma silhueta sedutora

A mais recente encarnação da camuflagem do novo 408 revela uma berlina rápida e dinâmica com uma carroçaria elevada e rodas grandes, e uma postura felina típica dos modelos da marca.  Concebido para oferecer prazer de condução responsável, o novo PEUGEOT 408 foi submetido a um trabalho aerodinâmico extremamente minucioso para otimizar a penetração do ar de todos os ângulos. O novo modelo PEUGEOT é inesperado e será comercializado sob o nome PEUGEOT 408, exceto na China, onde terá a denominação 408X.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

PEUGEOT 408, revelação em breve

bookmark_border

mais em Lifestyle

A.P.C. & Lacoste, uma nova colaboração

a redireccionar em 10 segundos