BoCA 2021 – Prove You’re Human

BoCA 2021 – Prove You’re Human

BoCA 2021. Biennial of Contemporary Arts. Questionando convenções e o limite da nossa humanidade, a 3ª edição da bienal BoCA tem como título Prove You’re Human. Como (re)pensar a nossa presença no mundo ou como desafiar novas humanidades?

De 3 de setembro a 17 de outubro de 2021, a BoCA decorre nas cidades de Lisboa, Almada e Faro, reforçando o compromisso com a transdisciplinaridade artística e a promoção de sinergias entre cidades, instituições culturais, campos artísticos e públicos.

Comissionado e produzido pela BoCA, um espectáculo inspirado em Andy Warhol marca a estreia do aclamado realizador norte-americano Gus Van Sant na escrita e criação de palco. Com apresentações no Teatro Nacional D. Maria II (Lisboa) e no Teatro das Figuras (Faro), a BoCA assegura de seguida uma digressão junto de vários parceiros internacionais.

Para ver durante as 7 semanas da bienal e com um programa público associado, a artista Grada Kilomba instala frente ao rio Tejo, no MAAT, a sua primeira criação de grande escala. O Barco rescreve o passado e inscreve-se como espaço de contemplação, de memória e de cerimónia, em homenagem às vítimas da escravatura.

Andreia Santana estreia um projeto no CCB que assinala a sua primeira abordagem performativa. Overlapses, Riddles & Spells é uma instalação performativa composta por peças de vidro e ferro, ativadas através da palavra, do corpo e do som de António Poppe, Vânia Doutel Vaz e João Polido Valente, respetivamente.

Nesta 3ª edição a BoCA celebra também os 100 anos do nascimento de Joseph Beuys (1921-1986), como motor para um novo projeto desenvolvido ao longo de vários anos, que alia criação e sustentabilidade.

Dispostos a aceitar o teste de humanidade?
Teatros, museus, centros culturais, ruínas, espaços verdes e costeiros das cidades de Lisboa, Almada e Faro serão palco dos vários projetos da bienal, cuja programação completa será anunciada em junho.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

BoCA 2021 – Prove You’re Human

bookmark_border

mais em Culture

jovens artistas portugueses apoiados pela Fundação EDP

a redireccionar em 10 segundos