Luna Rossa Prada Pirelli conquista a Copa PRADA

Luna Rossa Prada Pirelli conquista a Copa PRADA

Luna Rossa Prada Pirelli conquista a Copa PRADA. A equipa italiana, comandada por Max Sirena, venceu por 7 a 1 a série de regatas da Copa PRADA ultrapassando a equipa Ineos Team UK. Assim, ganhou o direito de desafiar a equipa neozelandesa na 36.ª edição da Copa América, apresentada pela PRADA, e que ocorrerá de 6 a 15 de março no Golfo de Hauraki.

Pela terceira vez na história, uma equipa italiana irá competir na tão cobiçada Copa América. Houve apenas dois precedentes: em 1992, com o lendário Moro di Venezia comandado por Raul Gardini com Paul Cayard ao leme, e em 2000 com o primeiro Luna Rossa confiado a Francesco De Angelis.

Este incrível objetivo foi alcançado graças à paixão e treino intensivo, mas também graças ao apoio de uma base tecnológica maciça enraizada nas competências criativas e de engenharia que são inseparáveis da perceção da identidade italiana reconhecidos em todo o mundo.

Ter desempenhado o papel de cronometrista oficial e ter sido reconhecida como a marca italiana por excelência na rainha das regatas ao patrocinar uma equipa italiana foi uma honra e um privilégio para a Panerai. Trabalhar com Max Sirena e a equipa de vela completa da Luna Rossa Prada Pirelli permitiu à Panerai criar uma coleção de relógios avançados, inspirados pelas tecnologias e materiais usados na Copa América, como o Carbotech ™, com base em fibra de carbono e conhecido por ser usado para construir o monocasco AC75 do Luna Rossa.

Esta colaboração não se baseia apenas nas aplicações de relógios de alta performance, mas também nas suas raízes de inovação técnica, excelência italiana e amor pelo mar e aventura, valores com os quais a Panerai se associa e que também partilham com a Luna Rossa Prada Pirelli.

Olhando para o intervalo de dois meses entre as series da Copa da América em dezembro e a Copa PRADA, é claro que a equipa italiana melhorou a sua técnica, concentrando e mantendo uma atitude discreta, progredindo durante esse tempo. A estratégia foi posta à prova no mar. Enquanto outros challengers foram sempre a alta velocidade, o Luna Rossa focou-se em melhorar constantemente as transições, a manobrabilidade e a agressividade desde o princípio.

Numa entrevista dada por Max Sirena, o Capitão da equipa partilhou a sua profunda felicidade ao afirmar que estava feliz não apenas pelos resultados da regata, mas também porque a equipa recebeu apoio de todos os envolvidos no projeto. Agora, concentram-se no próximo capítulo da regata para não perderem o impulso. A equipa vai manter o ritmo, sem baixar a guarda.

Gostou do artigo? Goste e partilhe!

Luna Rossa Prada Pirelli conquista a Copa PRADA

bookmark_border

mais em Lifestyle

Coleção de Moda que absorve o CO2

a redireccionar em 10 segundos